Biometria usada nas eleições de 2014 no Brasil

762 municípios com tecnologia para identificar cerca de 15% do total de votantes – mais de 21 milhões de eleitores.

biometria - TSENas eleições deste ano no Brasil, “762 municípios, entre eles 15 capitais, usarão a biometria nas urnas electrónicas para identificar os eleitores. Ao todo, 21,6 milhões de pessoas serão identificadas pelo método, o que significa 15% do total de eleitores do país”.

“É o processo mais seguro que existe”, diz o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino, ao Computerworld Brasil.

“Podemos dizer que não existe sistema perfeito, mas certamente a identificação biométrica é infinitamente mais precisa e segura que a identificação normal, feita pelo homem”, refere.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, “a identificação biométrica passa por mais de 20 tipos de testes”. Mas o “crítico do uso da biometria nas eleições”, Pedro Rezende, do Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Brasília, alerta que existe a probabilidade de erros.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado