Nuno Miller vence nos 2014 European CIO of the Year

O anterior gestor da Farfetch recebeu o prémio na categoria de CIO orientado para tecnologia. A distinção da CIOnet foi entregue pelo vice-presidente da Comissão Europeia, Maroš Šefčovič.

Nuno Miller ao receber o prémio 2014 European CIO of the YearNuno Miller foi distinguido como um dos três melhores CIO europeus nos prémios 2014 European CIO of the Year, durante o evento CIO CITY’14, organizado pela CIOnet e realizado em Mechelen. O CEO da Videdressing, e anterior gestor da Farfetch, onde implementou os projectos que valeram a distinção venceu na categoria de CIO orientado para a tecnologia.

Cada categoria representa o tipo de valor de negócio criado com a colaboração do CIO: orientação para tecnologia, para processos de negócio e para o cliente. Entregues pelo vice-presidente da Comissão Europeia, Maroš Šefčovič, a selecção reconhece o sucesso daqueles gestores no incremento de competitividade das suas organizações com o uso das TIC na criação de valor de negócio.

É a terceira vez que um comité de especialistas selecciona os três vencedores de um leque finalistas. Na categoria de CIO orientado para processos de negócio foi eleito Jeroen Tas, anterior CIO da Philips (Holanda), actualmente CEO da Informatics, Solutions and Services da Philips Healthcare. Federico Florez, Chief Information and Innovation Officer na Ferrovial (Espanha), prevaleceu entre os CIO finalistas orientados para cliente.

Os critérios de selecção incluíram a avaliação da forma como o CIO adaptou a estratégia de IT às necessidades do negócio e o grau de sucesso do CIO na gestão de equipas de TIC para dar resposta às necessidades de negócios e gerir eficazmente as prioridades de negócios. Os três vencedores foram seleccionados com base nos seus próprios resultados e no das suas equipas.

Nuno Miller foi distinguido numa primeira selecção entre os CIO de empresas em Portugal, na mesma categoria  durante o CIO DAY’14, evento realizado em Lisboa.

“Devemos ficar orgulhosos do trabalho que aqui se faz. Deixo os meus parabéns a Nuno Miller mas também a Alexandre Ramos e Rui Gomes, os finalistas portugueses desta edição do European CIO of the Year”, diz Rui Serapicos, gestor da CIOnet Portugal.

“Para ser inovador e competitivo na economia global e digital de hoje, as organizações têm pouca escolha além de investir em TIC,” considera Nils Olaya Fonstad, director associado do INSEAD. “No entanto, sem a devida competência e liderança para utilizar essas tecnologias de forma eficaz, as empresas estão em risco significativo de perder os investimentos feitos e perder oportunidades-chave para o crescimento e a competitividade”

Dos 18 CIO analisados, todos se distinguiram de várias formas no contributo para a competitividade da sua organização, acrescentou.

“Alguns dos candidatos já passaram por cargos de liderança em áreas não-IT das suas organizações, sinal de quão importante a tecnologia se está a revelar em todos os aspectos do negócio. Praticamente todos os candidatos deste ano implementaram programas para aproximar as equipas do IT das pessoas do negócio, por exemplo, colocando a sua equipa a trabalhar fisicamente ao lado de uma pessoa de negócio por alguns dias ao ano”, comenta Frederic De Meyer, director de programas da CIOnet Internacional.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado