Principais bancos mundiais vão ter lojas de apps

Contudo, precisam de facilitar a descoberta das aplicações móveis, considera a Gartner.

iPhone apps - Yahoo TechUm quarto dos 50 principais bancos globais deverão lançar lojas de aplicações bancárias de mobilidade para os seus clientes até 2016, diz a Gartner. Os CIO, CMO e líderes de linhas de negócio cabeças enfrentam dois desafios fundamentais nessas operações, segundo a consultora.

O primeiro é que a visibilidade dos dispositivos bancários nas lojas públicas está a diminuir devido ao número total de apps disponíveis. A segunda é que a facilidade com que estas últimas são descobertas nos sites de bancos está também em queda conforme o número de aplicações propostas pelos bancos aumenta.

A segunda questão é agravada pelo facto de a maioria dos sites de bancos não facilitar a descoberta das apps pelos clientes. Estas  são frequentemente publicadas pelos líderes de linhas de negócio, sendo difícil a um cliente ver todas as aplicações oferecidas pelo banco.

Mesmo estando listadas num só lugar, as descrições são muitas vezes vagas e abstractas, considera a Gartner. “Se não forem abordados , estes dois desafios e outros poderiam realmente ter um impacto negativo sobre as receitas bancárias e experiência do cliente”, disse o analista da Gartner, Kristen Moyer.

“Os bancos podem usar as lojas de aplicações bancárias para melhorar a sua descoberta, mas somente se o custo e a complexidade [inerentes] forem necessárias”. A consultora Gartner recomenda aos CIO, CMO e líderes de linhas de negócio uma avaliação da necessidade potencial de ter uma loja de aplicações bancárias.

As duas variáveis ​​mais importantes na avaliação da necessidade de uma lojas de app são o número total de aplicações e a presença (ou não) de uma plataforma de API. Quanto mais aplicações um implanta, mais difícil se torna aos potenciais utilizadores descobrirem a aplicação certa para eles.

As API de Internet públicas implantadas para programadores de terceiras partes, clientes, parceiros, funcionários e outros servirá como um factor multiplicador sobre o número de aplicações implantadas pelo próprio banco. A Gartner espera que cerca de 25% dos grandes bancos implantem lojas de aplicações bancárias para melhorar a descoberta de apps, a experiência do utilizador e a colaboração. Conforme mais bancos implantam lojas de apps, vão colocar maior pressão competitiva sobre aqueles que não o fizerem, diz a consultora.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado