Google revela protótipo de automóvel sem volante

A empresa tenciona investir no fabrico de 100 veículos e iniciar um programa piloto.

Protótipo de veículo da Google (DR)A Google revelou um protótipo de automóvel capaz de se conduzir, sem volante, nem acelerador ou pedal de travão. Tem dois lugares e está equipado com software e sensores.

O tejadilho está coroado por aquilo que parece o mesmo sensor LIDAR (Light Detection and Ranging), instalado nos veículos Lexus e Toyota, modificados para a frota de carros de teste, com condução autónoma, da Google. O sistema incorporado conseguirá detectar objetos a uma distância de mais de duzentos metros em todas as direcções, eliminando “pontos cegos”.

Chris Urmson, director do Self-Driving Car Project, explica no seu blog que o carro tem “um espaço para os pertences dos passageiros, botões para iniciar e parar e um ecrã que mostra a rota”. “E isso é tudo”, remata.

A velocidade máxima do veículo será de 40 quilómetros por hora. A Google revela ainda que tenciona construir cerca de 100 protótipos de veículos e modelos de teste, mas com controles manuais, durante o próximo Verão. Não explica, contudo, se vai fabricá-los ou pretende recorrer a fabricantes de automóvel.

A empresa pretende desenvolver um pequeno programa- piloto na Califórnia nos próximos anos. De acordo com regulamentos aprovados no corrente mês, o teste de veículos autónomos deve ser realizado com pilotos de testes instalados no banco de motorista dos veículos.

Devem ser capazes de assumir imediatamente o controlo do carro. O referido estado norte-americano está a desenvolver normas para regular a utilização pública de carros de condução autónoma, que deverão ser adoptadas em Janeiro de 2015.mação profissional.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado