HP esclarece posição face às SDN

O fabricante aumentou o seu empenho no consórcio de software open source, OpenDaylight. Mas continua a apostar numa oferta mais comercial.

Sarwar Raza_director para redes em cloud computing e SDN, na HP Networking (DR)Sete meses depois de evidenciar um apoio fraco ao OpenDaylight ‒ há quem diga que o dispensava ‒, a HP aumentou a sua participação no consórcio open source para Software Defined Networks (SDN), redes definidas por software. Assume-se agora como membro “Platinium”, o nível mais alto e mais caro de participação, enquanto antes era parceiro “Silver”, na organização formada há pouco mais de um ano.

A HP elevou o seu investimento e participação por considerar as SDN “completamente consistentes” com o que tem vindo a desenvolver em termos de abertura tecnológica, interoperacionalidade e conformidade com normas, diz Sarwar Raza, director para equipamento de redes em cloud computing e SDN, na HP Networking. “O OpenDaylight está numa fase em que a abordagem colaborativa um grande fórum para promover a interoperacionalidade e abertura”, diz Raza.

“A nossa estratégia passa por impulsionar um ‘ecossistema’ aberto … e adoptar o código aberto como uma forma de fazer as coisas”. Nem sempre o fabricante foi tão claro sobre o assunto.

O ex-vice presidente de marketing global da HP Networking, Mike Banic, disse que tornar os software SDN em código aberto seria errado, por colocar no cliente o fardo de garantir a funcionalidade e fiabilidade dos sistemas num grau empresarial. Raza nega haver uma inversão de estratégia.

Argumenta que as declarações de Banic, e outras, foram retiradas de contexto.E assume que não há nada de errado com a estratégia open source.

Contudo mantém que os clientes empresariais não estão dispostos ou confortáveis com a situação de descarregar um controlador em código aberto, para as suas redes. E também por isso esclarece que aos desenvolvimentos no OpenDaylight, a HP pretende colocar algum enriquecimento.

“Variantes comerciais com os ciclos de garantia de qualidade e o fornecimento de suporte”, diz. Segundo Raza, a HP vai dedicar vários recursos, incluindo programadores,ao esforço do OpenDaylight.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado