Skyhigh assinala serviços de risco em cloud computing

Apenas 194 dos 2501 serviços de cloud computing analisados pela empresa estão em conformidade com ​​normas de segurança empresariais.

Rajiv Gupta-CEO Skyhigh (DR)A Skyhigh Networks diz que a média das empresas europeias usa 588 serviços em cloud computing, muitos deles constituindo uma ameaça de segurança, envolvendo também problemas de conformidade legal, para o negócio. Constatou ainda que apenas 194 dos 2501 serviços fornecem recursos de segurança com nível empresarial.

A organização cujo negócio  se desenvolve em torno da monitorização do uso de serviços de cloud computing elaborou o European Cloud Adoption and Risk Report com base em informação recolhida de 40 empresas: o universo abrangeu serviços financeiros, petróleo e gás, indústria, retalho e utilities.

O risco associado a cada serviço é baseado no sistema Skyhigh CloudTrust, o qual atribui uma classificação de 1 a 10, com base em mais de 30 características relacionadas com risco de dados, de utilizadores, de dispositivos, de serviços, de negócio e legal. Todos aqueles avaliados entre sete e 10 são considerados de alto risco.

O serviço Yahoo Mail, recentemente afectado por violações de segurança de dados, teve uma classificação de sete, tal como o serviço Evernote. Do ponto de vista da privacidade e alojamento de dados, apenas 1% dos serviços de cloud computing em utilização nas organizações questionadas ofereciam recursos de segurança de nível empresarial.

A mesma proporção armazena dados dentro dos limites jurisdicionais da Europa. Vinte e cinco dos 30 maiores serviços de cloud computing na área da colaboração, partilha de conteúdo e de ficheiros estão baseados em países onde as leis de privacidade são menos rigorosas face às da Europa: Estados Unidos, Rússia e China.

Dos dez serviços mais populares usados ​​por empresas no Reino Unido, o serviço de ERP SAP é o único a armazenar dados dentro dos limites jurisdicionais da Europa. E grande parte da adopção de serviços de cloud computing nas organizações europeias ocorre sem conhecimento dos CIO, segundo a Skyhigh Networks.

“Muitos funcionários ainda não estão conscientes dos riscos associados a certos serviços de cloud computing, e poderia até estar comprometendo a posição global de segurança da sua organização”, considera Rajiv Gupta, CEO da empresa de monitorização. “Dos serviços analisados, 72% armazena os dados nos EUA. Que pode ter implicações legais e de conformidade para determinadas organizações na Europa”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado