“First Sight Model” será ponte entre negócio e SI

Liderado pela Quidgest, constitui um projecto de visualização de modelos em sistemas de informação. Tem a colaboração do Inov INESC e da GTE Consultores.

Rodrigo Serafim_CTO da Quidgest (DR)2A Quidgest está a desenvolver uma matriz de engenharia para visualização de modelos em sistemas de informação. O projecto “First Sight Model” parte de um desafio lançado pela empresa a parceiros como a GTE e o Inocv INESC, que colaboram para o mesmo.

“Apesar das inúmeras vantagens do desenvolvimento de sistemas baseado em modelos, a visualização destes modelos torna-se difícil dada a complexidade da informação existente nas organizações”, sustenta a Quidgest. O objectivo dos parceiros, com o projecto apoiado pelo QREN, é responder a esta necessidade, fazendo da matriz uma ponte entre os requisitos de negócio e os sistemas de informação.

O “First Sight Model” deverá resultar no desenvolvimento de “uma framework de engenharia baseada em modelos com múltiplas camadas de abstracção”. Permitirá visualizar e gerir de modo global o desenvolvimento e a evolução de sistemas de informação complexos e, facilitará a sua visualização para os especialistas de negócio e gestores de topo ‒ segundo os objectivos traçados.

A Quidgest tem a expectativa de proporcionar com a tecnologia, reduções de custos em recursos humanos, funcionando aquela “como um sistema pericial, dotado de inteligência artificial”. Ao mesmo a matriz deverá oferecer maior qualidade nas soluções oferecidas ao cliente, as quais serão testadas com maior frequência e participação dos utilizadores e decisores-chave.

“Com este projecto queremos estar um passo à frente do mercado, não nos limitando ao processo de transformação automática de modelos em código de programação, que já fazemos com a nossa plataforma Genio, mas também, transformar os requisitos em modelo e o modelo em requisitos, culminando este projecto em duas vertentes, dedução e indução, para além da componente de visualização”, diz Rodrigo Serafim, CTO da Quidgest.

A plataforma Genio, de geração automática de código, combina o desenvolvimento baseado em modelação com geração automática de código e consegue gerar soluções de gestão integradas, sem erros e num curto espaço de tempo, afirma a empresa. “Ao ser transposto para o Genio, o projeto ‘First Sight Model’ irá também constituir-se como uma oportunidade para acrescentar valor às soluções da Quidgest para clientes nacionais e internacionais”, refere um comunicado da empresa.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado