B.On atinge os dois milhões de facturação

Em 2014, a empresa quer contratar mais 25 colaboradores e atingir os 2,8 milhões de euros em volume de negócios. Este cresceu 54%, face aos 1,3 milhões de euros registados em 2012.

Sonia Jeronimo_administradora da B.On (DR)

A B.On Engineering anunciou uma facturação de dois milhões de euros relativos a 2013, resultado de um crescimento de 54%, em relação a um volume de negócios de 1,3 milhões de euros (2012). Durante 2014, a empresa prevê continuar a crescer e atingir os 2,8 milhões, com uma equipa de 85 colaboradores: a empresa tenciona contratar 25 novos elementos.

Em 2013 a estrutura de recursos humanos evoluiu para de 60 colaboradores durante 2013, com a contratação de 20 profissionais. “Este crescimento originou um reforço da equipa de gestão, por forma a manter o elevado nível de acompanhamento existente, tanto com os clientes, como dos colaboradores”.esa continuar a apostar “na procura activa de reforços para os seus projectos, à escala nacional como internacional”, sendo que os perfis técnicos mais procurados aqueles com competências em Java/J2EE, Sybase, Business Objects, Microsoft, entre outros.

A estratégia da B.On para 2014 consiste no reforço da política de Recursos Humanos através do recrutamento activo dos melhores profissionais de IT no mercado nacional e internacional, diz o comunicado. Em linha com o reforço na valorização e qualificação dos Colaboradores, em 2013 foi lançada a B.On Training – uma academia que aposta na evolução contínua de carreira e competências, através de formações, especializações e certificações, desde as áreas tecnológicas à gestão de projectos.

“Esta aposta resultou em mais de 200 hora de formação e, para este ano, o objectivo é, no mínimo, duplicar para 400 horas de formação interna”, refere o comunicado.

Em internacionalização para a Irlanda  

Em 2013, a empresa registou 26 clientes activos, mais 14 do que em 2012, pertencentes maioritariamente aos sectores da banca, serviços e telecomunicações, diz um comunicado. “É nossa intenção desenvolver os planos de internacionalização iniciados em 2013 e que já começaram a dar os primeiros resultados”, afirma Sónia Jerónimo, administradora da B.On.

Segundo a consultora, esta iniciou uma colaboração local com empresas irlandesas, tendo por objectivo de reforçar as equipas locais com engenheiros portugueses altamente qualificados, detentores de know-how técnico e disponíveis para incorporar um novo projecto internacional.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado