Zeinal Bava inaugura Prémio Carreira ANETIE

A associação homenageou o gestor, na última terça-feira, especialmente como “tributo às suas competências empresariais e até pessoais”.

Zeinal Bava_CEO da OiA Associação Nacional das Empresas das Tecnologias de Informação e Electrónica lançou o Prémio Carreira ANETIE, cuja primeira edição distingue Zeinal Bava, presidente executivo do grupo Oi e da PT Portugal. “O Prémio Carreira ANETIE é um galardão sectorial, que visa distinguir percursos empresariais no mercado tecnológico. Ora, não poderíamos começar de outro modo. Zeinal Bava é um nome incontornável no mundo das tecnologias da informação e comunicação, é um empreendedor  nato, um gestor de referência e, sem dúvida, a personalidade que, nos últimos três anos, mais se destacou no sector, tanto em Portugal, como na Europa, sem esquecer a diferenciação que tem também alcançado no Brasil e no mercado asiático”, afirma Armindo Monteiro, presidente da ANETIE.

“Este galardão é mais do que um reconhecimento dos seus resultados operacionais, é um tributo às suas competências empresariais e até pessoais, uma homenagem à carreira que construiu e àquela que o seu perfil ambicioso, visionário e competente nos permite antever”, complementa o mesmo responsável. A comissão de atribuição do Prémio ANETIE, definida internamente pela associação, sustenta a atribuição do mesmo no cumprimento de três critérios fundamentais: inovação, empreendedorismo e internacionalização.

Percurso do homenageado

Zeinal Bava assume desde Junho de 2013, funções de presidente executivo do Grupo Oi e da PT Portugal. Responsabilidades que se seguiram à presidência executiva da Portugal Telecom, entre 2008 e 2013.

O gestor ingressou na PT em 1999 como CFO do negócio de televisão por Cabo (PT Multimédia), sendo que entre 2000 e 2006 assumiu também o cargo de CFO do Grupo PT. Durante os 10 anos que antecederam a liderança da empresa, desempenhou ainda diversos cargos chave nas principais áreas de negócio da PT.

Nasceu há 48 anos em Maputo, Moçambique, de onde partiu rumo a Lisboa após a Revolução de 25 de Abril. A passagem pela capital portuguesa foi, no entanto, fugaz, uma vez que o actual presidente da PT foi estudar para Inglaterra aos 14 anos.

Mais tarde ingressa na licenciatura em engenharia electrónica e electrotécnica, que efectuou na University College London. A carreira nesta área teve início na consultora Arthur Andersen, seguindo-se a passagem pela Efisa, pelo Warburg Dillon Read, pelo Deutsche Morgan Grenfell e pela Merrill Lynch International, última empresa em que trabalhou antes de entrar no universo PT, diz um comunicado da ANETIE.

São reconhecidas as suas competências financeiras e de gestão, bem como o seu poder de negociação e o rigor que impõe às equipas de trabalho que lidera. Foi nomeado melhor CEO no sector de Telecomunicações da Europa em 2013, 2011 e 2010 e melhor CEO em Portugal em 2013 e 2012 pela Institutional Investor; melhor CEO em Portugal pela Extel em 2013, 2012, 2011 e 2010; e melhor CEO  na área de Investor Relations pela Deloitte em 2013, 2011 e 2009.

Anquanto CFO do Grupo PT, foi eleito, por três vezes, o melhor CFO da Europa no sector das telecomunicações pela
Institutional Investor.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado