CoSwitched é MVNO para a Internet das coisas

Sedeada em Lisboa, a startup iniciou operações na última segunda-feira pretendendo abranger mais de 20 países com ma rede virtual para serviços por GSM.

CoSwitched (DR)A CoSwitched é uma nova startup de telecomunicações, com sede em Lisboa, e interessada em disponibilizar serviços para a Internet das Coisas, através de uma rede virtual de comunicações móveis ‒ como tal será um Mobile Virtual Network Operator (MVNO). A empresa posiciona-se como fornecedor soluções para a gestão de máquinas interligadas, focada no mercado europeu, onde pretende usar serviços de comunicações por GSM. Está preparada para servir clientes em mais de 20 países, tendo presença local em Portugal, Reino Unido e França.

“O mercado da Internet das coisas é um dos que mais crescem actualmente. As máquinas  podem ser conectadas à Internet através de muitas tecnologias. O operadores tradicionais e os seus parceiros dominam o serviço de conectividade por GSM, mas os tempos mudaram. Nós acreditamos que a indústria carece de um tipo diferente do fornecedor de ligação”, diz Bruno Duarte, co -fundador da CoSwitched “.

O responsável prevê que a empresa atinja o patamar das dez a 15 mil conexões por GSM no primeiro ano de actividade. O modelo de negócio da CoSwitched está baseado em parcerias, mas pretende desenvolver uma estratégia de mercado directa, através de uma loja online. Os utilizadores finais e fabricantes de dispositivos poderão encomendar cartões SIM numa loja online.

Além dos serviços de comunicações a empresa fornece uma plataforma de gestão e monitorização da conectividade das máquinas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado