Sitel pretende contratar mais 350 pessoas

A empresa pretende chegar ao final de 2014 com mil colaboradores.

Secretario de Estado da Inovacao, Investimento e Competitividade, Pedro Goncalves a direita, com Benedita Miranda Sitel e colaboradoresA Sitel anunciou a intenção de alargar a sua estrutura de recursos humanos para mil elementos, até ao final de 2014, com a contratação de mais 350. A empresa conta já com 650 colaboradores em Portugal, servindo 16 clientes a partir dos seus dois centros de comunicações, no Parque das Nações e Saldanha, em Lisboa.

De acordo com um comunicado da empresa, entre 2012 e 2013 a organização gerou mais de 400 postos de trabalho. “Nos últimos três anos, a Sitel alcançou um crescimento recorde, triplicando o número de colaboradores em Portugal”, avança.

Em Outubro de 2013,  ao perder um contrato com a Microsoft, a empresa desencadeou um processo de despedimento e re-alocação de recursos humanos envolvendo 120 trabalhadores, revelaram vários orgãos de informação na altura. Cerca de 20 a 30 voltaram a ser contratados, disseram os mesmos.

“O forte crescimento da Sitel em Portugal está relacionado com a qualidade do trabalho que desenvolvemos; as grandes marcas globais querem trabalhar connosco porque sabem que podem confiar no grau de especialização e profissionalismo das nossas equipas”, afirma Benedita Miranda, directora-geral da Sitel.

Em visita ao novo centro de Comunicações Europa-Multilingue da empresa, o secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Gonçalves, manifestou o apoio do governo à operação da multinacional em Portugal.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado