Maioria dos projectos de ERP excedem orçamento

Os prazos de execução também não são cumpridos, e os problemas organizacionais são as razões mais citadas, num estudo da Panorama Consulting.

erpAs derrapagens orçamentais e de prazo de execução continuam a ocorrer na  maioria das implantações de ERP, de acordo com um novo estudo da Panorama Consulting. A empresa, que presta serviços de seleção de software ERP e consultoria em projectos, e entrevistou 192 empresas com facturação anual entre 25 milhões e dois milhões de dólares.

Perto de 54% dos entrevistados disseram que os seus projectos ficaram acima do orçamento inicial, em comparação com 53%, num estudo anterior da Panorama. O custo médio dos projectos caiu drasticamente de 7,1 milhões em 2012 para 2,8 milhões de dólares.

Mas a percentagem de inquiridos a assinalarem atrasos de execução foi saltou de 61 % para 72%. Além disso, 66% confessaram que conseguiram concretizar mais de metade dos benefícios esperados do projecto – o valor deste idicador aumentou 6% face ao estudoanterior.

Apenas 9% disseram que obtiveram 81% ou mais dos benefícios previstos. A maioria dos entrevistados apontaram as “questões organizacionais” como as principais razões para os atrasos nos prjectos, de acordo com Panorama.

Trata-se de uma mudança em relação ao último levantamento, no qual o “aumento da abrangência” do sistema ou a expansão do tamanho original do projecto, era o aspecto mais citado. É crucial que as empresas com projectos de ERP obtenham a cooperação dos empregados, para manter a implantação em curslo, diz a Panorama.

“Agora, mais do que nunca , os nossos resultados reforçam a importância da mudança organizacional e da gestão de processos de negócios e o seu impacto na duração implantação”, afirma o estudo.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado