Japão investiga bolsa de Bitcoin Mt. Gox

A organização recebeu uma intimação de autoridades dos EUA.

FC-Bitcoin-Frontview-Lighter_500O chefe de gabinete e principal porta-voz do governo do Japão, Yoshihide Suga, revelou que as autoridades nipónicas estão a procurar reunir informações sobre a situação da bolsa de moeda Bitcoin, Mt.Gox,  sedeada em Tóquio. As operações da mesma foram suspensas, face a alegados riscos de segurança.

“As agências e ministérios pertinentes, como a polícia e o ministério das Finanças relevantes estão a tentar compreender a situação real”, disse Suga, em conferência de imprensa. “Após a compreensão da situação real, o governo deverá tomar medidas apropriadas, mas neste momento, o governo ainda está tentando reunir informações “, acrescentou.

A declaração marca a primeira vez que o governo japonês aborda o caso da bolsa em apuros, a qual já foi a maior na negociação de Bitcoins. O departamento da Polícia Metropolitana de Tóquio não esteve disponível para comentários sobre quaisquer potenciais investigações sobre a situação da Mt. Gox, com operações suspensas desde terça-feira.

A bolsa foi também intimada por procuradores federais dos Estados Unidos, em Nova Iorque, requisitando a preservação de certos documentos, revelou o The Wall Street Journal, citando uma fonte anónima familiarizada com o assunto.

Uma porta-voz da Procuradoria dos EUA recusou-se a comentar este caso. O jornal acrescentava que o FBI também estava a monitorizar a situação da Mt. Gox.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado