Activistas planeiam dia de protesto contra a NSA

No próximo dia 11 de Fevereiro decorre o “Day We Fight Back”.

Um grupo de grupos activistas e empresas de Internet está a planear um protesto coordenado contra vigilância exercida pela National Security Agency (NSA), no próximo dia 11 de Fevereiro. O protesto, chamado “Day We Fight Back”, surge um mês após o aniversário da morte do activista Aaron Swartz.

O programador suicidou-se em Janeiro de 2013, quando enfrentava uma possível pena de prisão de 35 anos por invadir a rede do MIT e descarregar muitos artigos de investigação. Entre as organizações participantes estão a Demand Progress, um grupo activista do qual Swartz foi co-fundador, assim como a Electronic Frontier Foundation , a Free Press , a Reddit e a Mozilla Foundation.

“Hoje, a maior ameaça para a Internet livre e uma sociedade livre mais ampla, é o regime de espionagem em massa da National Security Agency “, diz David Segal , director-executivo da Demand Progress, num comunicado. ” Se Aaron estivesse vivo estaria na linha de frente, lutando contra essas práticas que prejudicam a nossa capacidade de nos envolvermos com os outros como seres humanos genuinamente livres”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado