400 mil euros em concurso europeu para apps

A iniciativa da União Europeia visa promover o desenvolvimento de cidades e empresas “inteligentes” e será gerida pelo fórum Campus Party. O prazo para a candidatura termina a 20 de Dezembro de 2013.

A União Europeia (UE) vai oferecer prémios no valor total de 400 mil euros às melhores aplicações capazes de contribuirem para o desenvolvimento de cidades e empresas mais inteligentes. O júri será constituído por engenheiros especializados do consórcio FI-WARE, financiado pela UE, sendo o concurso organizado pelo fórum Campus Party.

“A única condição do concurso é que as aplicações candidatas se baseiem nos elementos de base desenvolvidos no quadro do projecto da UE de construção da plataforma central da Internet do futuro”, diz um comunicado. 50 desses elementos constitutivos, acrescenta o documento, já existem e estão disponíveis gratuitamente através do FI-WARE Open Innovation Lab.

É suposto disponibilizarem “funções genéricas que podem ser utilizadas por uma vasta série de aplicações de todos os tipos de sectores”: alojamento em cloud computing, a análise de grandes volumes de dados, gestão de identidade ou relativas à Internet das coisas. Este concurso de aplicações tem por objectivo o lançamento de serviços assentes nesses elementos de base.

Para concorrer é necessário aceder à plataforma de concursos FI-WARE. O prazo para as candidaturas termina a 20 de Dezembro de 2013. O comunicado recomenda que os novos concorrentes ilustrem a sua ideia com um projecto de protótipo, mas isso não é obrigatório.

As candidaturas serão agrupadas em dois grupos aplicações para cidades “inteligentes” e para indústrias e empresas inteligentes. O primeiro grupo refere-se a ferramentas que contribuam para um funcionamento mais eficiente dos serviços públicos ou ajudem as cidades a prestarem serviços inovadores aos cidadãos.

O segundo engloba aplicações capazes de ajudar as empresas, especialmente as de menor dimensão, a melhorarem a sua gestão: desde a melhoria da cadeia de abastecimento ou dos processos de produção, à angariação de mais clientes ou na prestação de serviços inovadores às pequenas empresas. Na primeira fase, serão atribuídos, no máximo, 20 prémios, de 2.800 euros cada, e esses premiados terão oportunidade de participarem no Campus Party 2014, que se realizará em São Paulo, no Brasil, onde serão atribuídos mais prémios.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado