Portugal é 24º na velocidade de downloads

E ocupa a 38ª posição relativamente ao custo por Mbps.

Portugal tem uma média de download de 24.02 megabits por segundo (Mbps), posicionado-se na 24ª posição em termos mundiais, segundo uma análise a ligações domésticas à Internet efectuada entre 28 de Maio de 2011 e 26 de Novembro de 2013 pelo serviço Speedtest.net, da empresa Ookla.

A análise considera os últimos 30 dias e a média da distância entre cliente e servidor abaixo dos 482 quilómetros.

A liderança cabe a Hong Kong, com débitos de 71.03 Mbps, seguindo-se Singapura (52.85 Mbps), Roménia (50.82 Mbps), Coreia do Sul (47.36 Mbps) e Suécia, com 42.64 Mbps.

Holanda, Suíça, Islândia, Moldóvia, Bulgária, Bélgica, França ou vários países nórdicos posicionam-se com melhores débitos de download antes de Portugal, que é seguido por nações como o Reino Unido (23.55 Mbps), Alemanha (23.09 Mbps) ou Estados Unidos, com 20.77 Mbps. Os últimos países da lista são o Afeganistão (com 1.13 Mbps), Malawi, Cuba, Benin e Gâmbia, com 1.46 Mbps.

Para Portugal, os dados foram obtidos a partir de mais de 11 milhões de testes  realizados a partir de 2,9 milhões de endereços de IP únicos, no período entre 28 de Outubro e 26 de Novembro, dos quais mais de 514 mil foram usados para o índice.

Em termos de localidades portuguesas, com mais de 1000 endereços IP únicos, a Ookla registou os seguintes valores de download:
1. Barcarena – 50.48 Mbps
2. Massamá – 48.50 Mbps
3. Caneças – 48.00 Mbps
4. São João da Talha – 47.55 Mbps
5. São Marcos – 47.04 Mbps
6. Queluz – 45.94 Mbps
7. Estoril – 44.22 Mbps
8. Moscavide – 43.72 Mbps
9. Parede – 43.37 Mbps
10. Rio de Mouro – 43.31 Mbps

Lisboa surge na 43ª posição, com 34.08 Mbps, e o Porto (26.84 Mbps) não se posiciona sequer nos primeiros 50 locais.

No que se refere aos fornecedores de acesso à Internet, a melhor “oferta” pertence à Refer Telecom (51.20 Mbps), seguindo-se a rede científica nacional (43.55 Mbps), os acessos registados a partir da TAP (42.56 Mbps), a TVCabo Portugal (42.03 Mbps), Colt (32.87 Mbps), prosseguindo com NFSi Telecom, OniTelecom, Vodafone Portugal, Cabovisão, Cabo TV Açoreana, Ar Telecom, PT Comunicações, Novis Telecom e Optimus Portugal, com apenas 8.65 Mbps.

No custo por Mbps, o país surge na 38ª posição absoluta e na 40ª quando analisado o PIB per capita. A partir de 1,482 inquéritos realizados no último ano (e aparentemente só em Lisboa), o custo médio por Mbps é de 3,03 dólares, quando a média global sobe aos 5.70 dólares.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado