Novo grupo de reflexão dedicado à governação da Internet

A iniciativa da ICANN estará ligada ao aumento das preocupações sobre a confiança na Internet, depois das revelações sobre vigilância exercida pelos EUA.

A ICANN formou um grupo de responsáveis, para responder às preocupações sobre a governação da Internet composto por responsáveis governamentais, da sociedade civil, e do sector privado, da comunidade técnica e de organizações internacionais. O “Panel on the Future of Global Internet Cooperation”, terá a sua primeira reunião durante Dezembro, em Londres.

Na agenda está a disponibilização de um estudo sobre o referido tema, para comentário público, no início do próximo ano. Serão abordados princípios e estruturas propostas para a cooperação global para a Internet, e será revelado uma agenda sobre futuros desafios de governação da Internet, diz a ICANN.

A iniciativa da ICANN estará ligada às crescentes preocupações associadas à confiança na Internet, depois das revelações sobre a vigilância exercida pelos EUA. Relacionado estará também o facto de a Rússia e a China estarem a exigir uma maior participação na governação da Internet.

Em Outubro, uma declaração de uma série de organismos sobre o futuro da cooperação para Internet – “Statement on the Future of Internet Cooperation”, expressou uma forte preocupação sobre o facto de “a confiança dos usuários da Internet a nível mundial ” estar a ser minada. O grupo terá 19 membros, os quais deverão agir independentemente das organizações a quais pertencem.

Entre eles estão Fadi Chehade, CEO e presidente da ICANN , Vint Cerf, vice-presidente da Google, Mitchell Baker , presidente da Mozilla Foundation  e Jimmy Wales, co-fundador da Wikipedia. Mais pessoas serão adicionadas ao grupo actualmente presidido por Toomas Ilves, presidente da Estónia, com Cerf em funções de vice-presidente.

(João Ribeiro, Bangalore)




Deixe um comentário

O seu email não será publicado