Empresas portuguesas melhoram qualidade das aplicações

Com a utilização da metodologia DevOps, as empresas portuguesas e espanholas melhoraram a qualidade das suas aplicações, na ordem dos 19%, segundo um estudo da Vansion Bourne.

Metade das organizações da Península Ibérica querem uma maior colaboração entre as equipas de desenvolvimento e as de gestão operacional das TIC, diz o estudo TechInsights Report: What Smart Businesses Know About DevOps, da Vanson Bourne. O mesmo revela que as empresas portuguesas e espanholas conseguiram melhorar 19% a qualidade das suas aplicações, com a utilização da metodologia DevOps – a qual preconiza uma colaboração mais estreita entre os referidos profissionais, procurando a disponibilização das aplicações mais rapidamente.

O estudo patrocinado pela CA Tecnologies diz que 38% das organizações na Península Ibérica estão a implantar a metodologia após a pressão das linhas de negócios para lançarem mais depressa as aplicações. Os potenciais obstáculos à implantação da DevOps estão relacionados com a forma como a empresa está organizada e com questões orçamentárias.

O principal obstáculo é a complexidade organizacional, envolvendo grande número de pessoas ou departamentos e excessiva interdependência – de acordo com 47% dos entrevistados em Espanha e Portugal. A falta de entendimento sobre todas as fases do ciclo de desenvolvimento e sobre quem é responsável por cada uma delas foi um factor citado por 35% dos inquiridos.

A carência de recursos ou falta de clareza sobre o orçamento para cada elemento, foram citadas por 32 % dos entrevistados.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado