72% dos sites de eCommerce aumentaram vendas

O Barómetro ACEPI/Netsonda para o segundo trimestre revela que 65% das lojas online portuguesas aumentaram o número de clientes. Cerca de 22% tinham a expectativa de manter a facturação no terceiro trimestre.

Quase três quartos – 72% – dos sites portugueses de comércio electrónico aumentaram as suas vendas no segundo trimestre do corrente ano, face ao anterior – de acordo com o Barómetro Trimestral ACEPI/Netsonda “Comércio Electrónico em Portugal”.  O estudo também revela que pouco mais de um quinto – 22% – esperava manter o volume de vendas no terceiro trimestre.

O indicador pode ter uma leitura positiva e negativa, e a ACEPI prefere ter a visão mais favorável positiva. Em comunicado associação considera que os resultados reforçam as perspectivas de crescimento do comércio electrónico em Portugal ao longo do corrente ano.

E para Alexandre Nilo Fonseca, os números do estudo “testemunham a vitalidade do comércio electrónico”. O responsável destaca não só as vendas mas também o número de clientes, “o aumento da convicção”, as perspectivas de manutenção de crescimento, e o incremento da percentagem de vendas para fora de Portugal. “Esta capacidade exportadora do comércio electrónico português é de suma importância, e para muitas empresas significa mesmo a possibilidade de contornarem com sucesso a crise” recorda.

Principais indicadores do barómetro do subsector:

– 72% dos sites inquiridos afirmou ter aumentado o volume de vendas face a período homólogo;
–  65% dos sites inquiridos registaram um aumento do número de clientes, e destes 27% viram o número de clientes crescer acima dos dois pontos percentuais;
– 14% dos sites inquiridos registaram um volume de vendas superior a 1 milhão de euros;
– 22% dos sites afirma ter a expectativa de manter o volume de vendas no próximo trimestre;
– aumentou o número de sites que considera que “o comércio electrónico vai manter o crescimento do ritmo das vendas” (16%);
– 91% dos sites inquiridos aumentou ou manteve o volume de investimento nos seus sites;
– Os locais privilegiados pelos sites inquiridos para promoverem o seu negócio/loja continuam a ser as redes sociais (76%) e a publicidade na internet (64%);
– informática (22%), artigos de desporto e lazer (17%), casa/arte/decoração (17%) e electrónica e telemóveis (17%) lideram a classificação dos principais produtos transaccionados neste período;
– os métodos de pagamento mais utilizados nos sites inquiridos durante o 2º trimestre de 2013 foram o Paypal, o pagamento à cobrança e o cartão de crédito;
– no mercado B2B verificou-se o aumento do volume de inquiridos (28%) que considerou que o seu site vai acelerar o ritmo de crescimento das vendas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado