Vision-Box com grande contrato no Qatar

O aeroporto internacional de Hamad vai implementar 64 eGates da Vision-Box para controlo de fronteiras.

A Vision-Box anunciou ter ganho um importante contrato internacional no Qatar, naquele que é o maior contrato individual até hoje conseguido.

A empresa portuguesa, especialista em biometria e sistemas automatizados de controlo de fronteiras e de soluções de identidades digital, foi a escolhida pelas autoridades locais para equipar o novo aeroporto de Hamad com eGates para controlo biométrico de fronteiras.

No total, a Vision-Box está a concluir a implementação 64 eGates multimodais (equipados com tecnologia que permite a validação biométrica pela íris e impressão digital) e a sua respectiva integração com a infra-estrutura de gestão de identidades do Ministério do Interior daquele país. As eGates implementadas correspondem à última versão (vb i-match 5) e são geridas pelos guardas fronteiriços através do vb inspector.

Os objectivos das autoridades passam pela garantia de uma rápida passagem mas ao mesmo tempo garantir total segurança e integridade fronteiriça.

O aeroporto internacional de Hamad pretende ser um aeroporto de referência para toda a região do Médio Oriente e resto do mundo e um dos pilares para o desenvolvimento económico do Qatar. Segundo Jean-François Lennon, director de Desenvolvimento de Negócios Internacionais da Vision-Box, “este contrato representa a maior implantação de ‘automated border control egates’ multimodais na região, num único site. Sentimo-nos honrados em fazer parte deste projeto, que é pioneiro em termos mundiais”.

Inovação e capacidade de entrega foram diferenciadores
“Não concorremos com o preço mais baixo, não somos os mais baratos”, afirma Nuno Periquito, Marketing Manager da Vision-Box, para explicar a vitória neste concurso internacional, em que teve que concorrer com empresas de muito maior dimensão, “O nosso factor diferenciador em relação à concorrência, que é 10 vezes maior que nós em capacidade financeira e de recursos humanos, é a inovação. A nossa solução cobre todo o ciclo de vida do produto, desde o desenho da solução até à instalação e suporte, garantindo assim a gestão de todo o processo. Além disso, esta solução de gestão de fronteiras, também se integra com soluções avançadas de gestão de vídeo digital, biométricos inteligentes e motores de busca biográficos e funcionalidades de gestão de perigo”. E acrescenta: “desenvolvemos sempre uma solução adequada à identidade e às necessidades locais do cliente”.

O responsável da Vision-Box destaca também as referências internacionais já existentes. Presentemente, a Vision-Box tem esta solução em mais de 30 aeroportos internacionais e mais de 3.000 sistemas de identidade em todo o mundo. Reino Unido , Holanda, Finlândia, Noruega, Letónia, Estónia, Venezuela, Colômbia, além de Portugal, são alguns dos países que têm soluções da empresa nos seus aeroportos.

Sem adiantar o nome, Nuno Periquito revelou ainda que em breve um dos principais países europeus, onde a empresa já está presente (e que são a Alemanha e o Reino Unido), vai ter “durante os próximos quatro anos, todos os seus aeroportos com a nossa solução”. Presentemente, 80% do volume de négocios da Vision-Box é realizado em mercados internacionais.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado