Openstack comemora sucesso

A primeira infra-estrutura a correr a plataforma de normas abertas para cloud computing foi instalada num reboque de transporte de cavalos. Três anos depois o software constitui uma das iniciativas open source mais bem sucedidas.

A 18 de Julho do corrente ano, a OpenStack comemorou oficialmente três anos de existência. A plataforma open source de IaaS, de infra-estrutura como serviço, foi lançada com uma ideia aparentemente simples: disponibilizar uma plataforma de ubíqua de cloud computing, assente em tecnologia de normas abertas para clouds públicas e privadas.

Com código doado pela Rackspace e pela NASA, a OpenStack tornou-se num dos esforços de código aberto de mais rápido crescimento. Mais de 500 pessoas de mais de 200 empresas diferentes contribuíram para a sua mais recente versão, a Grizzly.

Os programadores contribuíram com mais de um milhão de linhas de código, e a plataforma tem actualmente mais de 70 mil contribuições de mais de 120 países – à média de 238 contribuições mensais. A primeira OpenStack Summit & Conference realizou-se em Julho de 2010, concentrando 75 participantes.

A conferência mais recente, realizada em Abril, teve atraiu três mil, e na próxima está previsto haver mais. “Há três anos, havia um grande debate no sector sobre o que devia ser a cloud computing “, diz John Igoe, na altura director-executivo de soluções de cloud e Big Data para a Dell.

“Estávamos a ver as empresas fornecedoras de ambientes de software existentes e ambientes de computação legados a tentar estender a funcionalidades e a chamarem-na cloud computing,” diz Igoe. “Contudo na realidade não se pode desenvolver uma arquitectura de cloud atribuído sobre em cima de uma atribuída por sistemas legados “.

Havia o risco, diz Igoe, de as plataformas de cloud serem desenvolvidas sobre estruturas de tecnologia proprietária, levando os clientes para situações de dependência tecnológica – ameaçando o potencial da cloud computing. O advento da OpenStack ajudou a evitar esse destino, segundo o responsável.

Ganhou rapidamente terreno com fornecedores como a HP, a Dell e a IBM, bem como muitas empresas menores. Surgiu uma série de projectos relacionados com o controlo de repositórios de computação, de armazenamento e de recursos de rede, tudo gerido através de um único painel.

A iniciativa já percorreu um longo caminho desde os primeiros dias, considera Igoe. Antes de uma das primeiras reuniões da comunidade de engenheiros associada, realizadas em San Antonio, Jim Curry, o director –geral da Rackspace, telefonou à Dell a pedir uma “rack” de servidores para ser usada na reunião .

E Igoe e alguns dos seus colegas da Dell tiveram de alugar um reboque de transporte de cavalos, para levar o equipamento à reunião. Essa “rack“ foi a primeira a executar o software OpenStack.

(Thor Olavsrud, CIO)




Deixe um comentário

O seu email não será publicado