Portugal cresce acima da média na fibra óptica

As subscrições de serviço de Internet de banda larga por fibra óptica cresceram 53,26 no país, durante 2012, de acordo com a OCDE. No universo de países monitorizado, Portugal é o 11º com maior percentagem de assinaturas daquele tipo.

Na OCDE, Portugal é o 17º entre os países em que o número de subscrições de Internet em banda larga por fibra óptica mais cresceu em 2012. Este indicador subiu 53,26% atingindo mais de 2,390 milhões, a uma taxa muito maior do que a média do conjunto: 12,7%.

Assim o país é o 11º em percentagem – 15,17% – de assinaturas de serviços, considerando os serviços de banda larga (fixa e móvel), no universo da OCDE. Neste grupo a média é 14,88%.

Os dados recolhidos indicam que nos 34 territórios existem um pouco menos de 49 milhões de ligações por fibra óptica, num total de 327 milhões de ligações de banda larga. As taxas de penetração são maiores no Japão, Coreia do Sul e Suécia.

Os dez países onde a presença da fibra é mais forte.
1 – Japão                       66,72%
2 – Coreia do Sul            61,17%
3 – Sweden                    33,72%
4 – Estonia                     32,19%
5 – Eslováquia                31,23%
6 – Noruega                    22,18%
7 – Islândia                     20,17%
8 – Eslovénia                  17,82%
9 – Dinamarca                17,21%
10 – Rep.Checa              15,55%




Deixe um comentário

O seu email não será publicado