Sorgal desenvolve projecto de eco-eficiência

Em Junho realizam-se os primeiros testes sobre a adopção de um software com metodologia associada, desenvolvida pela Ecoinside em parceria com o INESC TEC. A tecnologia é apresentada publicamente a 31 de Maio, no Porto.

A Sorgal instalou um protótipo do Ecoplanner, um software de eco-eficiência e metodologia desenvolvida pela Ecoinside em parceria com o INESC TEC. Os primeiros testes ao projecto arrancam a 6 de Junho, já depois de a tecnologia ser apresentada publicamente, no auditório do INESC Porto, no dia 31 de Maio.

O Ecoplanner analisa, segundo um comunicado, de forma integrada, parâmetros como o consumo de água e de energia, emissões de gases poluentes, de resíduos e outros desperdícios ¬– associados aos processos de produção. A tecnologia engloba uma metodologia capaz de identificar alternativas com menor impacto ambiental e que reduzam custos com processos de produção.

A versão piloto da plataforma está disponível online. “O Ecoplanner pode auxiliar as empresas a encontrar processos de produção alternativos, com um menor custo associado, mas também com uma menor pegada ambiental”, refere José Correia investigador do INESC TEC. “Além das já referidas funcionalidades, o Ecoplanner permite gerir em tempo real KPI de negócio e diminuir tempos de resposta às entidades reguladoras.

Sendo uma verdadeira ferramenta de apoio à decisão, esta foi pensada para dotar as empresas de capacidade de estar constantemente a
pensar e a promover o aumento contínuo da sua ecoeficiência”, refere Joaquim Guedes (Diretor Executivo da Ecoinside). Segundo o responsável o software pode ser executado em qualquer browser de Internet.

“A cumprirem-se as expectativas, pode ter impacto em questões tão diversas como o planeamento de produção, a concepção técnica dos produtos e na análise produto-cliente Activity Based Cost”, explica João Pedro Azevedo, Administrador da Sorgal. O software nasce no âmbito do projecto com o mesmo nome, financiado pelo QREN e liderado pela Econsinde, em com a colaboração do INESC TEC e a Faculdade
de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

A iniciativa conta com o apoio do BCSD Portugal – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável. A Ecoinside é uma empresa que actua em duas áreas de negócios mutuamente complementares: a eco-eficiência e a biodiversidade. A Sorgal é uma empresa portuguesa de produção de rações animais.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado