Google pode ter o Glass ainda em 2013

Apesar do cronograma de Eric Schmidt, os óculos “high-tech” podem ser lançados oficialmente até ao final deste ano.

Apenas um mês após um executivo da Google dizer que o Glass não seria lançado oficialmente este ano, fontes não identificadas disseram que os óculos computadorizados podem, realmente, ser comercializados até ao final de 2013.

No mês passado, o presidente executivo da empresa Eric Schmidt disse que o Glass seria revelado oficialmente ao público apenas em 2014. “Nós apenas começámos a distribuí-lo para os primeiros programadores”, disse a um repórter da BBC. “É justo dizer que haverá milhares deles em uso por programadores ao longo dos próximos meses. Depois, com base no seu ‘feedback’, vamos fazer algumas mudanças no produto, e ele estará provavelmente a um ano de distância”.

A Google não respondeu a um pedido de comentário oficial.

O analista da ZK Research, Zeus Kerravala, disse não estar surpreendido que haja alguma discrepância sobre o lançamento do Glass.

“Schmidt provavelmente está a revelar um cenário de pior caso”, acrescentou. “Se ele diz que vai sair este ano e não sai, então as pessoas vão dizer que eles estão atrasados. Mas se Schmidt diz que sairá no próximo ano e chegar ainda neste, a Google aparece melhor”.

Os óculos computadorizados são projectados com um ecrã translúcido que fica um pouco acima do olho direito do utilizador. O ecrã pode exibir informações como previsão meteorológica, mensagens do Gmail, direcções, alertas de notícias e resultados de pesquisas. O utilizador também pode enviar e-mails ou mensagens de texto, e enviar comentários, fotos e vídeos para as redes sociais.

O dispositivo pode ser manipulado pelo toque, gesto ou comando de voz. Alguns milhares de programadores e outros tantos consumidores já estão a testar a tecnologia.
(Sharon Gaudin/Computerworld/IDG Now!)


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado