Noesis com escritório em Bruxelas

No primeiro ano de actividade na região do Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo), a empresa prevê facturar um milhão de euros.

A Noesis reforçou a sua presença na região Benelux com a  abertura de um escritório em Bruxelas, onde prevê facturar no primeiro ano de actividade em milhão de euros. A equipa local será composta por 2 colaboradores auxiliados pela disponibilização de serviços de forma remota e em alguns casos pela deslocação de colaboradores de Portugal, avança um comunicado. O plano estabelecido prevê a contratação local numa fase posterior.

“Além de ser a sede da maioria das instituições europeias, nomeadamente o Parlamento e a Comissão Europeia, Bruxelas fica no centro do Benelux, área geográfica que definimos como estratégica. Paralelamente, é um mercado maduro e onde existe uma grande procura de técnicos especializados em IT”, afirma acordo com José Carlos Padre Eterno, director de vendas e serviços profissionais da Noesis.

Como áreas de enfoque prioritárias a empresa elege o desenvolvimento aplicacional numa lógica de “nearshore”, a área de qualidade, beneficiando da QFactory, e os serviços de TI para clientes no sector das telecomunicações e instituições Europeias. A Noesis já desenvolve projectos no Brasil, Reino Unido, Suíça e Angola, e o negócio internacional deverá atingir 50% das receitas globais da empresa num prazo de 3 anos, estima a empresa em comunicado.

A estratégia internacional está a ser fomentada através da prospeção e implementação de projetos em países como Espanha, Brasil, Reino Unido, Suíça, Angola, Austrália e Bélgica, acrescenta a organização.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado