Loja online prolonga teste de transacções com Bitcoin

A Bitcoinstore prossegue por mais três meses para demonstrar o potencial da moeda virtual Bitcoin junto das grandes lojas online.

A retalhista online de prdutos electrónicos Bitcoinstore teve um teste tão bem sucedido aceitando apenas Bitcoins para pagamento que vai continuar a operar.

A Bitcoinstore, que foi lançada oficialmente no mês passado, vende os seus produtos a preços de retalho. As poupanças adicionais vêm do uso dos Bitcoin como método de pagamento, que se destina a mostrar a retalhistas como a Amazon.com e a NewEgg a sua utilidade, disse Jon Holmquist, diretor de marketing da Bitcoinstore, sedeada em Anaheim, na Califórnia (EUA).

“Estamos a tentar dar-lhes a motivação ao tirar-lhes os seus clientes”, disse ele.

As empresas de processamento de pagamentos, como Visa, MasterCard e PayPal, cobram taxas nas transacções, que se traduzem num preço maior nos bens, nota Holmquist. O site foi concebido para mostrar aos retalhistas os benefícios da adopção de Bitcoin, que usa um sistema de verificação e de transmissão “peer-to-peer”.

As transacções Bitcoin são gratuitas, embora as pessoas possam pagar uma taxa pequena para acelerar o tempo em que a transacção é verificada pela rede Bitcoin. Num negócio com baixa margem de lucro, como a electrónica de consumo, eliminar taxas de processamento de pagamentos que podem variar de um a três por cento “significa a diferença entre ter ou não lucro”, refere Holmquist.

“Esta é a primeira vez que uma loja tem sido capaz de fornecer uma prova de conceito… de quanto as pessoas podem economizar com o Bitcoin”, disse Holmquist.

A Bitcoinstore pretendia vender 850 mil dólares em bens de electrónica de consumo num período de três meses, encerrado no mês passado. Ela ficou aquém da sua meta em cerca de 350 mil dólares, devido a problemas técnicos desde o início com o seu site não relacionado com os Bitcoin.

Mas o seu negócio estava tão florescente em Março apenas que o fornecedor de produtos electrónicos da Bitcoinstore, a Ingram Micro, optou por renovar o contrato. Tem como objectivo de novo obter 850 mil dólares em vendas até ao final de Junho. Desde terça-feira, já tinha vendido quase 50 mil dólares.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado