Faltam profissionais com formação em Linux

A adopção de Linux nas empresas continua a crescer, à escala mundial, segundo um estudo da Yeoman Technology Group, e isso tem levado ao aumento da procura de profissionais competentes em Linux.

Nos dois últimos anos houve incrementos significativos na utilização de Linux em empresas corporativo, e essa tendência deverá continuar pelos menos por mais um ano. Enquanto a receita mundial de servidores cresceu 3,1%, as receitas de servidores com Windows aumentaram 3,2% e aquelas de máquinas com Linux subiram 12,7 – diz um estudo da Linux Foundation realizado em parceria com a Yeoman Technology, comparando dados homólogos relativos ao quarto trimestre de 2012.

Para a organização esse crescimento agudiza o problema da falta de recursos humanos formados em Linux, tornando-se numa preocupação. A Linux Foundation refere mesmo estar a notar um incremento importante na procura de formação.

Segundo o estudo, mais de 75% empresas dizem ter optado por soluções Linux nos últimos dois anos, quando implantaram novas aplicações e serviços. Ao mesmo tempo, graças em parte à sua crescente importância para cloud computing e Big Data, o uso de Linux para volumes de trabalho críticos tem crescido drasticamente nos últimos anos: chegará a uma quota de 73%, em 2013, segundo a Linux Foundation.



  1. Eu tenho formação e experiência em Linux, no entanto estou desempregado!!!

    Não entendo estes artigos que contradizem a triste realidade.

    O meu contacto pode ser fácilmente encontrado na minha página do Linkedin (http://www.linkedin.com/in/jadgaspar).

Deixe um comentário

O seu email não será publicado