APRITEL e ANACOM criticam responsável do FMI

Associação e regulador entendem que o custo das telecomunicações é dos que mais descem num sector onde a concorrência é “muito agressiva”.

Os preços das telecomunicações nacionais estão “entre os que mais descem” devido a uma concorrência “muito agressiva”, aponta a Associação dos Operadores de Comunicações Electrónicas (APRITEL) ao lamentar as declarações “não fundamentadas” da missão do FMI sobre o custo das telecomunicações em Portugal.

“Só um profundo desconhecimento deste sector, em Portugal, pode justificar a ligeireza das afirmações proferidas”, referiu  Ana Paula Marques, presidente da APRITEL, em comunicado divulgado pela RTP.

Também a entidade reguladora reagiu às declarações recentes de Abebe Selassie, chefe da missão para Portugal do FMI. Segundo a Anacom, a “descida de preços depende do mercado” e afirma “que tem tomado medidas para que os preços desçam, mas lembrou que não pode fazer imposições nos valores cobrados aos consumidores, já que isso depende do equilíbrio do mercado”.

“Na nossa área de competência, grossista, temos tomado as medidas” para a redução de preços das telecomunicações, afirmou à Lusa fonte da Anacom, citada pelo Sol, garantindo que “a nível grossista as descidas existem”, que foram criadas “condições para que os preços de retalho desçam” mas que as “condições para baixar os preços cobrados aos consumidores não podem ser impostas no retalho”.

No domingo, em entrevista à Lusa, Selassie considerou “desapontante” os preços nos sectores energético e das telecomunicações não baixarem “à medida que a concorrência aumenta ou a procura diminui”. “Até agora não o estamos a ver e isso é muito desapontante. Se não responderem às condições económicas penso que definitivamente teremos de olhar para o que o se passa e revisitar as reformas”, disse o responsável do FMI, citado pelo Jornal de Negócios.

Selassie assegurou que “a ‘troika’ vai estar atenta aos desenvolvimentos nestes sectores e se necessário revisitar o que já foi feito”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado