Medapharma investe em Disaster Recovery

A Mainroad vai alojar dados e equipamento, proporcionando também serviços de recuperação de sistemase dados em caso de desastre à operação portuguesa da multinacional farmacêutica.

A Medapharma está a investir na componente de Disaster Recovery (DR), tendo contratado os serviços do centro de dados da Mainroad, onde ficará alojada a plataforma de recuperação de dados em caso de desastres.

Este fornecedor deverá disponibilizar a solução tecnológica e serviços de DR para recuperar os sistemas informáticos da Medapharma, vai elaborar o “Disaster Recovery Plan”: sintetiza todos os procedimentos essenciais perante um conjunto de cenários adversos. O plano inclui “a realização de um teste global de aceitação da solução de DR e dos procedimentos desse Disaster
Recovery Plan”, diz um comunicado da Mainroad.

O contrato inclui também a gestão de redes (implementação de rede WiFi), sistemas e backups. “Precisávamos de uma solução que garantisse a integridade de dados altamente sigilosos”, explica Jorge Miranda, director-geral da da Medapharma, em Portugal.

O director-geral da Mainroad, Nuno Homem, considera o negócio com a multinacional sueca como uma prova irrefutável do investimento do fornecedor nos seus centros de dados e serviços. “Realizamos anualmente um investimento mínimo de 500 mil euros nas infra-estruturas e melhoria de serviços”, concretiza.

“A implantação destas soluções em território nacional contribuiu para a Medapharm subisse significativamente no ranking da operacionalidade e produtividade das suas TI encontrando-se já no top 3 das melhores sucursais europeias”, diz um comunicado.

A Medapharm é um multinacional farmacêutica presente em mais de 120 países. Tem produtos em várias áreas terapêuticas, nomeadamente antissépticos, respiratórios, analgésicos, antialérgicos, dermatológicos e tónicos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado