SEB padroniza processos de análise de inventário

Num projecto de melhoria dos seus sistemas de BI, o grupo retalhista de electrodomésticos adoptou a plataforma Business Discovery QlikView.

O Groupe SEB instalou a plataforma Business Discovery QlikView num projecto de padronização de processos de análise e optimização de gestão de inventário.

Em 2009, o grupo retalhista de pequenos electrodomésticos descobriu que os seus utilizadores não estavam satisfeitos com os resultados obtidos com as soluções de BI existentes, diz um comunicado da Qkliktech. A manipulação da informação era “complexa e demorada”, explica.

“Tivemos que encontrar uma nova solução, mais fácil de utilizar e capaz de lidar com grandes volumes de dados com um bom desempenho, mesmo para utilizadores remotos”, afirma Philippe Vivier, especialista em BI para o Groupe SEB – o qual detém marcas como a Arno, a Krups e a Moulinex

Assim, o projecto assente na plataforma da Qliktech englobou, de acordo com o comunicado, três componentes:

– uma aplicação industrial, destinada a gestores e controladores industriais;

– uma aplicação de serviços de monitorização para apoiar a implementação da solução de CRM do Grupo; e

– uma aplicação que exibe o aprovisionamento de indicadores de logística.

Actualmente, o Groupe SEB está a trabalhar em 30 aplicações do QlikView, utilizadas mais de 800 utilizadores, segundo a Qliktech. A monitorização das taxas para as subsidiárias, da taxas de retorno e da actividade de serviços do negócio, da quota de mercado e dos armazéns, são abrangidas por essas aplicações.

Outras aplicações estão também a ser desenvolvidas para a monitorização de acidentes, saídas de dinheiro, compras ou de estágios para a criação de novos produtos. Actualmente a utilizar o QlikView em seis continentes, o Groupe SEB vende mais de 200 milhões de produtos por ano e emprega 25 000 pessoas em todo o mundo, diz o comunicado.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado