Vodafone queixa-se da Optimus no 4G

Operadora diz ter entregue queixa no ICAP contra a campanha publicitária da concorrente sobre os dispositivos da Apple.

A Vodafone diz ter entregue hoje no Instituto Civil da Autodisciplina da Comunicação Comercial (ICAP) uma queixa contra a campanha publicitária da Optimus, “veiculada desde ontem na imprensa e meios exteriores, segundo a qual aquele operador é o único a oferecer acesso à rede 4G nos equipamentos de última geração da Apple (iPhone 5, iPad 4ª Geração e iPad Mini)”, diz a operadora em comunicado.

Tanto a Optimus como o ICAP desconhecem a queixa, segundo avança o Diário Económico.

Segundo a Vodafone, “desde o passado dia 28 de Janeiro que, com o lançamento da nova versão do sistema operativo móvel da Apple (iOS 6.1), os mais recentes equipamentos deste fabricante permitem o acesso à tecnologia 4G/LTE na rede da Vodafone, facto de imediato divulgado pela Vodafone junto de clientes, rede comercial e comunicação social”. O acesso “é efectuado na frequência de 1800MHz, a única suportada nos equipamentos da Apple para acesso à tecnologia 4G”.

Em Setembro passado, as operadoras em geral foram questionadas sobre a disponibilidade desta frequência, que estava “adormecida” até a Apple ter lançado o iPhone 5 e (com o anúncio de modelos de outros fabricantes) obrigado as operadoras a investirem na frequência dos 1800 MHz. A solução obrigava a investir na migração e actualização de antenas para o 4G, o que terá ocorrido nalguns pontos urbanos, mas mesmo Lisboa e Porto não estão completamente cobertos por essa tecnologia.

Não é a primeira vez que os operadores se queixam entre si ao ICAP. Em 2010, por exemplo, a Optimus queixou-se da Vodafone relativamente ao tarifário Yorn Power Extravaganza. Em causa estavam, segundo a queixa então apresentada, afirmações como “resposta ao aliciamento de clientes”, “quem vai aos yorns leva nos…” ou “tomem lá batatas”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado