VMware em realinhamento

A empresa vai despedir 900 trabalhadores, mas diz pretender criar mil postos de trabalho durante 2013, num realinhamento para centrar-se no mercado de estruturas de cloud híbridas e em aplicações para o utilizador final.

A VMware anunciou que vai cortar 900 postos de trabalho numa operação para se concentrar em empresas com potencial de negócio mais alto. Os lucros da empresa mantiveram-se fortes, mas o crescimento do volume de negócios abrandou.

A empresa disse que os cortes nos empregos serão feitos em áreas como a do SlideRocket, o seu software de apresentação online. O fabricante enfatizou que ainda estava em fase de expansão, e assim tenciona criar mil postos de trabalho durante 2013.

O CEO da empresa Pat Gelsinger classificou a operação como um “realinhamento de recursos”. A VMware adicionou às suas fileiras cerca de 6700 trabalhadores ao longo dos últimos três anos.

Agora pretende focar a sua actividade em centros de dados definidos por software e em serviços de nuvem híbrida, disse o responsável. “Isso envolve a mudança de talentos para novos papéis, de modo a suportar as nossas oportunidades de crescimento, e fazer algumas reduções bem direccionadas de recursos humanos “, explicou.

A VMware tem actualmente cerca de 13 800 trabalhadores. A empresa revelou resultados fortes para o quarto trimestre, com lucro líquido de 206 milhões de dólares, acima dos 200 milhões registados um ano antes. O volume de negócios subiu 22% 1,29 mil milhões.

Em 2012, a companhia registou um lucro líquido de 746 milhões de dólares, um aumento de 3% em relação ao ano anterior. O volume de negócios cresceu 22%. No corrente ano, a VMware anunciou que visa um aumento de facturação entre os 14% e 16% por cento.

A empresa enfrenta uma concorrência cada vez maior  por parte de empresas como a Microsoft, a qual está a entrar no segmento da virtualização como parte da mudança actual  para a cloud computing. Mas a VMware também deverá afrontar alguns aliados como a Cisco, à medida que aborda a emergência do segmento das redes definidas por software, através de operações como a compra da Nicira.

Gelsinger disse que a empresa continuará a procurar concretizar fusões e aquisições, bem como alianças estratégicas. Mas a VMware também planeia sair de alguns negócios e fechar algumas das suas instalações, como parte do realinhamento.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado