Portugal regista 140 patentes na Europa em 2012

Instituto Europeu de Patentes aponta valor recorde de pedidos e concessões de patentes, pelo terceiro ano consecutivo.

Portugal registou 140 patentes no ano passado, um crescimento de 10,3% relativamente aos 127 registos de 2011. O país ocupa a 40ª posição, longe dos países europeus líderes em registos como a Alemanha (34,590 patentes) ou França (11,973).

Os EUA registaram 63,777 patentes (mais 24,7% do que em 2011), seguindo-se o Japão (51,400 para crescimento de 8,5%). Depois da Alemanha, seguem-se a China (18,842), Coreia do Sul (14,278), França e Suíça, com 8,182 registos de patentes, o que a coloca como o país com melhor rácio de registo de patente por habitantes.

Os dados foram revelados pelo Instituto Europeu de Patentes (EPO) e mostram que foi efectuado um número recorde de 258 mil pedidos de patentes, dos quais 65,700 foram concedidos. Segundo o presidente do EPO, Benoît Battistelli, este novo pico ocorre pelo terceiro ano consecutivo.

63% dos pedidos veio de países não-europeus, tendo o maior crescimento vindo da Ásia.

O EPO nota que estes números ainda são preliminares, devendo os valores finais serem divulgados em Março.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado