Nokia faz outsourcing de funções de TI

Nos esforços do fabricante para reduzir custos operacionais e recuperar rentabilidade, mais de mil trabalhadores vão ser afectados, entre os quais 300 serão despedidos – a maioria na Finlândia.

A Nokia está a planear transferir até 820 funcionários para a HCL Technologies e para Tata Consultancy Services, no âmbito da reestruturação da sua organização de TI. Perto de 300 pessoas serão despedidas.

O objectivo, segundo um comunicado da empresa, é reduzir custos operacionais e criar uma organização de TI “apropriada para o tamanho e alcance actual da Nokia “. A maioria dos trabalhadores afectados pelas mudanças são residentes na Finlândia, de acordo com o fabricante.

As operações quotidianas de infra-estrutura de TI interna do mesmo passarão a ser geridas pela HCL, a qual já prestava serviços de help-deskTI desde 2009, explicou um porta-voz da Nokia.

A HCL estabeleceu um acordo de longo prazo com a Nokia, abrangendo o centro de dados, a gestão de rede, os serviços de computação para o utilizador final e as gestão de serviços, explicou o fornecedor de outsourcing num comunicado à bolsa de Bombaim.

Os empregados a serem transferidos para a Tata estão dedicados ao desenvolvimento de aplicações e serviços internos, de acordo com a Nokia. A empresa garante que as mudanças não terão impacto na produção de software e aplicações para qualquer um dos seus produtos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado