Steven Sinofsky, responsável pelo Windows, deixa Microsoft

Presidente do Windows e Windows Live, Sinofsky foi a face pública para o Windows 8 e a sua nova interface de utilizador.

Steven Sinofsky, o executivo encarregado do sistema operativo da Microsoft Windows 8 e a força por trás deste seu novo sistema operativo, vai sair da empresa, anunciou a Microsoft na segunda-feira, levando analistas a especular que a empresa pode estar insatisfeita com as vendas iniciais do sistema operativo.

Sinofsky foi a face pública para o Windows 8 e a sua nova interface Metro, colocando actualizações constantes num blogue sobre o Windows 8 onde abordava o seu desenvolvimento. O seu último “post” intitulava-se ” Updating Windows 8 for General Availability”. O sistema operativo foi lançado oficialmente no final do mês passado.

A saída de Sinofsky é efectiva imediatamente, disse a Microsoft. A empresa vai promover Julie Larson-Green, uma engenheira principal no Windows 7, para gerir toda a engenharia de software e de hardware do Windows. O CFO Tami Reller vai assumir o cargo adicional de gerir o lado do negócio do Windows.

A Microsoft não esclareceu a saída de Sinofsky. Em comunicado, o CEO Steve Ballmer agradeceu o seu trabalho e acrescentou, de alguma forma ambígua, que a empresa deve “continuar a ter um alinhamento entre todas as equipas da Microsoft, e ter ciclos de desenvolvimento mais integrados e rápidos com as nossas ofertas”.

De acordo com o blogue All Things D, havia uma tensão crescente entre Sinofsky e outros membros da equipa executiva da Microsoft, que não o viam o suficiente como um jogador de equipa. Mas a posição oficial da Microsoft é que a decisão foi mútua.

O título oficial de Sinofsky era presidente do Windows e Windows Live. Ele foi o executivo que demonstrou o tablet Surface da Microsoft pela primeira vez, num evento em Los Angeles, este ano. E foi Sinofsky que divulgou aos media há dois anos os planos da Microsoft para desenvolver uma versão do Windows para processadores ARM.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado