Wintrust aposta em serviços de “nearshore”

A empresa está a disponibilizar serviços de teste a software num modelo de pagamento por utilização.

A WinTrust apresentou novos serviços, os NearShore Services,  oferta que visa massificar o uso dos serviços de teste a software para empresas de todas as dimensões e sectores. O lançamento surge com a recente estratégia de internacionalização da empresa, que coincide também com o lançamento do novo site e novo domínio – www.wintrust-intl.com, diz um comunicado da organização.

A NearShore Services possibilita ao cliente aliar o acesso a consultores certificados pelo ISTQB (International Software Testing Qualifications Board). Com este modelo, o cliente só paga o que utilizar, podendo activar ou suspender o serviço com bastante facilidade, promete o prestador de serviços.

A oferta dirige-se essencialmente a dois tipos de empresas:
– aquelas com equipas de testes em Outsourcing (body-shopping) que receiam não estar a rentabilizar o seu investimento devido a muitos tempos de inactividade
– empresas de desenvolvimento de software preocupadas com  qualidade do mesmo, mas sem condições financeiras para investir na sua própria equipa de testes.

A WinTrust procura diferenciar o seu serviço no seguintes aspectos:

–  Flexibilidade nos custos: o cliente só paga o que necessita. Se houver tempos mortos nos projetos, o serviço é suspenso e é retomado quando esses defeitos estiverem corrigidos
– Especialização do serviço especializado: centro qualificado ISO/IEC 17025 e profissionais certificados pelo ISTQB
– Gestão de recursos
– Transformação de custos fixos em variáveis quando comparado com outros regimes de outsourcing (nomeadamente body-shopping)
–  O serviço pode ser prestado nas instalações do cliente ou no próprio Near-Shore Center

As principais funcionalidades da oferta incluem testes funcionais (manuais e automáticos), testes performance (Pré-Produção e Produção), testes mobile e certificação de software.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado