Apple aumenta preços da App Store na Europa

Os preços na App Store aumentaram para os consumidores europeus que pagam em euros – para compensar as mudanças da taxa de câmbio, disse a Apple

A Apple aumentou o preço das aplicações vendidas na sua App Store do iTunes na Europa por causa da alteração da taxa de câmbio, disse a empresa esta sexta-feira. O preço mínimo para uma aplicação na zona euro subiu de 0,79 para 0,89 euros.

Os utilizadores da App Store que tentaram comprar uma nova aplicação na App Store na noite de quinta na Europa foram notificados de que o serviço estava temporariamente indisponível. Uma hora mais tarde o serviço regressou com preços mais elevados em euros para todas as aplicações.

A Apple força os programadores a colocarem as suas aplicações num número limitado de esquema (“tiers”) de preços, com a própria Apple a decidir que preço será cobrado em cada um desses “tiers”.

Na noite de quinta-feira, aumentou todos os preços em euros em todos os níveis, e aplicações que estavam à venda por 1,59 euros, por exemplo, passaram a custar 1,79, enquanto outros previamente vendidos a 4,99 euros custam agora 5,49 euros. A proporção do valor que vai para os programadores permanece praticamente a mesma, com a Apple a ficar com cerca de 39% do preço.

Apenas os preços em euros mudaram, disse por e-mail o porta-voz da Apple, Alan Hely. “De tempos a tempos, a Apple ajusta os preços dos produtos em países devido a mudanças nas taxas de câmbio”, escreveu.

Thomas Engel, da empresa holandesa de desenvolvimento de aplicações móveis Creative Director, acha que o IVA também pode ter desempenhado um papel. “Acho que eles compensaram mudanças do câmbio e do IVA”, disse ele.

“Os fornecedores de apps estão provavelmente contentes”, disse ele, já que recebem um pouco mais de dinheiro com os novos preços.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado