Big Data traz oportunidades académicas

Nos Estados Unidos as universidades apressam-se a criar cursos avançados de análise de dados visando preparar profissionais para os desafios da tendência.

Faculdades e universidades norte-americanas estão a posicionar-se rapidamente para criar programas de pós-graduação em análise de dados. As instituições estão perfeitamente a par de um estudo da McKinsey sobre uma grande escassez de talento na área a necessidade de formar 190 mil pessoas até 2018. Eles estão atentas às necessidades de recursos humanos manifestadas por grandes empregadores, como a IBM e a SAS.

Muitas instituições académicas forneceram muitas oportunidades de formação em análise. Mas os novos programas avançados utilizam ferramentas de Business Intelligence entre outras outras ferramentas analíticas para analisar dados de redes sociais, de sensores, de transacções, de dispositivos móveis, entre outras fontes, em informações úteis para empresas e a administração pública.
Entre os novos programas está o da McCombs School of Business, da Universidade do Texas. A instituição está a aceitar inscrições para o seu mestrado em Business Analytics, que começará no Outono de 2013.
“Há muita procura por pessoas capazes de extrair alguma coisa significativa sobre os dados acumulados pelos sistemas”, disse Prabhudev Konana, presidente do Department of Information, Risk, and Operations Management da Universidade do Texas.
A universidade espera começar o programa com 50 alunos, mas antecipa uma grande procura de estudantes qualificados acima disso. E tem dúvidas sobre o número limite de alunos a impor.
Aquele que terá sido um programa pioneiro iniciou-se em 2007,a Universidade da Carolina do Norte. O curso concentrou 84 estudantes até 2013. Recentemente expandiu as suas instalações para responder à procura. Houve 272 candidatos para este curso.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado