Lenovo: tablet da Microsoft é “bom para o mercado”

Chefe da divisão europeia da Lenovo aprova a recente decisão da empresa de Redmond para produzir o seu próprio tablet com o Windows 8.

O recente passo que a Microsoft deu para competir com parceiros fabricantes de computadores e lançar o seu próprio tablet é uma coisa boa para o mercado, afirmou um alto executivo da Lenovo, na semana passada, durante a IFA, que decorreu em Berlim.
Gianfranco Lanci – o recém-nomeado chefe da divisão Europa, Oriente Médio e África (EMEA) da Lenovo – disse que o próximo tablet Windows 8 da Microsoft não afecta a relação da sua empresa com a fabricante de software e, de facto, demonstra a confiança da Microsoft no novo sistema operativo (SO).
A Microsoft conta com boas relações com empresas como a Lenovo para lançar PCs e tablets que utilizem o seu novo SO e, tradicionalmente, não tem competido com eles. Ao lançar o seu próprio tablet, a empresa pode estar a minar esse negócio, pelo que a decisão é potencialmente arriscada, – excepto, aparentemente, quando se trata da Lenovo.”Isso não vai mudar a parceria”, disse Lanci. “Acho que é muito bem-vindo se outros, incluindo a Microsoft, aparecerem com tablets Windows 8”.


“Falando francamente, estou muito mais optimista e vejo [essa decisão] de um ponto de vista positivo, ao invés de negativo, como talvez outras pessoas o estejam vendo. Porque é uma prova de que eles realmente acreditam que [com] o Windows 8 podem realmente também ser um jogador sério no mercado dos tablets”, disse. “E ter a Microsoft a fazer isso, acho que é uma boa publicidade para nós, os outros OEMs, para investir e fazer certas coisas nesta área”, disse Lanci.
No início de Agosto, a Lenovo anunciou uma nova versão do seu tablet ThinkPad Tablet 2, com ecrã de 10,1 polegadas e processador Atom Clover Trail da Intel, que usará o Windows 8.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado