Fraude online cresceu 18% no semestre

O número de casos de phishing regrediu 7%, mas esse tipo de fraude continua a ser o mais importante.

Os incidentes na Internet relacionados com questões de fraude cresceu 18% no primeiro semestre de 2012. A taxa é preocupante, mas reflecte um crescimento mais lento desses ataques: no ano passado o número de casos aumentou 33%.
O malware teve uma das taxas de crescimento mais espectaculares nos últimos tempos, incrementando mais de 137,5% em relação ao mesmo período do ano passado, diz um estudo da S21sec. Não obstante, o phishing permanece forte na primeira posição entre os vários tipos de ataques, embora com uma ligeira queda de 7%.
Até ao final do semestre, mais de metade (55,54%) dos casos de fraude online estavam associados a phishing. Este tipo de abordagem perdeu terreno para o software nocivo no último mês analisado, tem sido o método mais usual. No entanto, os troianos Zeus e SpyEye foram responsáveis pela maior parte das ocorrências.
Os Estados Unidos continuam a atrair a maioria dos ataques de phishing, em número muito diferente do resto do mundo. Ocasionalmente, outros países têm picos, como foi o caso da República Checa em Janeiro, a China em Fevereiro ou a França em Março. Mas sempre longe dos valores registados nos Estados Unidos, onde em Junho ocorreram 62,8% do total de incidentes registados pela S21sec.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado