Red Hat e Canonical traíram open source, diz fundador do OpenBSD

Theo de Raadt afirma que as empresas têm planos para trabalhar com um sistema de inicialização segura da Microsoft, contrariando o movimento.

Theo de Raadt, fundador do projeto OpenBSD e uma figura bem conhecida na comunidade open source, atacou a Red Hat e a Canonical numa entrevista para o site de notícias ITWire. Segundo ele, as empresas têm planos para trabalhar com um sistema de inicialização segura da Microsoft.
“A Red Hat e a Canonical não farão a coisa certa. Eles são traidores da causa [open source]. Eles querem ser a nova Microsoft”, disse Raadt.
A Red Hat não quis comentar os comentários de Raadt, mas disse que a política da empresa foi definida num post no blogue da empresa, publicado a 5 de Junho pelo vice-presidente de engenharia de Linux, Tim Burke. A Canonical também não quis comentar o assunto.
A inicialização segura, usada por meio do Universal Extensible Firmware Interface (UEFI), tem gerado discussões na comunidade open source desde o seu anúncio. Os críticos acreditam que essa é uma tentativa anti-competitiva para apertar o cerco contra sistemas operativos alternativos, forçando os fabricantes de computadores a cumprirem normas de inicialização segura da Microsoft.
A situação colocou os programadores de Linux numa situação difícil, e alguns fornecedores de tecnologia open source, incluindo a Red Hat e a Canonical, optaram por aderir aos planos da Microsoft, comprando as chaves necessárias à empresa de Redmond na esperança de evitarem qualquer perda de funcionalidade.
No entanto, os defensores do open source, como Raadt, acreditam que a movimentação é uma forma de fazer a vontade à Microsoft. “Sinto que o desastre está a chegar, e espero que alguém tenha força moral para fazer a coisa certa”, afirmou.
Em entrevista recente ao site Media Bytes, Richard Stallman, pai do software livre, também acredita que o UEFI é um “desastre”. Segundo ele, a prática equivale a “abusar dos utilizadores. Isso devia ser ilegal”, completou.
(Network World/IDG Now!)




Deixe um comentário

O seu email não será publicado