Claranet adquire 51% da Cgest

Operadora compra posição de controlo à Lusologia e quer adquirir a totalidade da empresa “no prazo de 12 meses”.

A Claranet revelou hoje ter adquirido a maioria do capital da Cgest, um dos mais antigos operadores em Portugal de serviços Internet, de acesso, hosting e centros de dados, revelou a empresa em comunicado. O valor da operação não foi revelado.
Fundada em 1997 e baseada em Braga, a Cgest “especializou-se no mercado de hosting, com o fornecimento de serviços de colocação, servidores dedicados e geridos”, tendo “alguns anos mais tarde alargado o seu portefólio de serviços, acrescentando o fornecimento de circuitos de acesso à Internet”. O foco principal são as pequenas e médias empresas.
Os clientes da Cgest vão passar a “beneficiar do acesso a infra-estruturas de rede e Datacenter de maior dimensão, da Claranet, que opera o seu próprio backbone IP europeu assim como Datacenters certificados ISO 9001 e ISO 27001”, refere o comunicado, assim como “os serviços avançados de cloud da Claranet passam também a estar disponíveis para os clientes da Cgest, incluindo o Virtual Data Center, que recebeu o prémio de melhor infra-estrutura de cloud europeia nos Datacenter Awards 2012”.
Detida pela Lusologia, o seu presidente, José Oliveira, considera que a “decisão de alienar uma posição de controlo no capital da Cgest à Claranet deveu-se a acreditarmos que se trata do melhor parceiro para desenvolver as operações e fazer crescer os negócios dessa empresa”.
“O grupo Lusologia possui várias empresas no sector da Internet e das tecnologias de informação”, refere, e “neste momento estamos focados no desenvolvimento de novos negócios, especialmente dirigidos a mercados externos, nomeadamente no Brasil, onde actuamos desde 1999, Moçambique e Estados Unidos”.
Quanto à Claranet, segundo o seu administrador-delegado António Miguel Ferreira, “está extremamente bem posicionada, não só para continuar a crescer organicamente, mas também para implementar uma estratégia de crescimento por aquisição, no actual contexto económico. Prevemos que a integração das duas operações seja um processo simples, para que os clientes da Cgest possam beneficiar rapidamente das infraestruturas de rede e datacenter do grupo Claranet”.
Este conta com mais de 2.100 clientes empresariais, teve uma facturação anual superior a 85 milhões de euros, está presente em seis países e conta com 16 centros de dados.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado