IBM propõe realidade aumentada no retalho

As unidades de investigação da “Big Blue” estão a trabalhar num dispositivo tecnológico para facilitar a disponibilização de informação a consumidores, assim como recolher dados.

Como parte da sua estratégia de Smarter Commerce, a IBM está a investigar a possibilidade de usar tecnolocia de  realidade aumentada para projectos no retalho.  O conceito passa pela disponibilização de mais informações sobre os seus produtos aos clientes, e obter mais dados sobre seus hábitos de compra e preferências.
Um cliente poderá entrar na loja, descarregar a aplicação apropriada e criar um perfil de utilizador. A partir daí, estaria pronto a descobrir novas informações sobre os produtos da loja que lhe interessam, tudo através da câmara do smartphone
O dispositivo conseguirá reconhecer o produto através de técnicas de processamento de imagem. E neste aspecto, a aplicação móvel funciona de forma semelhante a de códigos QR utilizadas hoje em dia, mas sem haver necessidade de colocar um código no produto. Será comercializada integrada num portefólio mais amplo de soluções para o setor do retalho.
A IBM pretende também fornecer as ferramentas capazes de permitir aos retalhistas a analisarem informações geradas pelos consumidores quando estes usam a aplicação: quais os artigos  ou recursos mais interessantes, por exemplo.  Também poderia ser usado para fornecer cupões digitais e servir como base de programas de fidelidade.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado