Google usa Cirque du Soleil para demonstrar Chrome

Empresa também revelou como o novo tablet Nexus 7 executará o Chrome.

O co-fundador da Google, Sergey Brin, desempenhou o papel de director de recinto do circo moderno, no segundo dia do Google I/O, enquanto páraquedistas saltavam para o telhado do Centro Moscone, em São Francisco, e motociclistas saltavam e desciam pelo exterior do edifício, onde decorria o principal evento da empresa.
Lá dentro, artistas do Cirque du Soleil ofereceram uma breve “preview” de como estão a transformar as suas performances acrobáticas ao vivo num mundo virtual utilizando um site construído com ferramentas de HTML5 e CSS3, projectado para funcionar em praticamente qualquer dispositivo com acesso à Internet.
Os artistas ofereceram uma breve demonstração do novo site num Google Chromebook, iPad e MacBook com o sistema operativo Google Chrome. Numa dada altura, um acrobata no mundo virtual movimentou-se pelo espaço em 3D e arrancou aplausos da plateia de programadores.
Chamada de “experiência sensorial Chrome criada pelo Cirque du Soleil”, o site “Movi, Kanti, Revo” recebeu esse nome por conta de três palavras em esperanto que significam “movimentar, cantar e sonhar”.
Os utilizadores do site seguem uma misteriosa anfitriã e utilizam gestos e sons para navegar no mundo criado pelo Cirque du Soleil. O site utilizará tecnologia de sensores para detectar os gestos. Nem a Google ou o Cirque du Soleil falaram sobre a tecnologia de sensores envolvida.
A demonstração em palco foi feita por Joanne Fillion, do Cirque, e por Aubrey Anderson, da Subatomic, uma parceira no projecto.
O site está previsto ser lançado em Setembro, mas o Cirque du Soleil disponibilizou um vídeo de 45 segundos, permitindo que os visitantes se registem para serem informados sobre os progressos.

O Movi, Kanti, Revo diz que os visitantes irão encontrar um mundo virtual onde poderão ver performances do Cirque “e viver uma viagem emocionante feita de amor, dúvidas, esperanças e sonhos”. Além disso, a página também informa que “quando lançado, o site será melhor visualizado em Google Chrome” e aponta um botão para que o download do browser possa ser feito.
A evolução do Chrome, tanto como browser como sistema operativo, foi uma peça central do segundo dia do Google I/O – um contraste grande com o lançamento do tablet Google Nexus 7 e do Media Player Nexus Q e o anúncio de que o Google Play agora alberga cerca de 400 mil aplicações.
A Google anunciou na quinta-feira passada que o browser Chrome funciona agora em iPhone e iPad. O Chrome para Android foi anunciado em Fevereiro.
O vice-presidente sénior do Google Chrome, Sundar Pichai, destacou que o novo site do Cirque du Soleil – e outros – vai funcionar bem em tablets, como o Nexus 7, que possui o novo Android OS 4.1, também conhecido como Jelly Bean. Pichai resumiu grande parte de seu discurso sobre as novidades do Chrome no blogue oficial da empresa, complementado com vídeos.
Mesmo que a versão prévia do site do Cirque tenha sido a grande atração do evento, alguns jornalistas deixaram a sala resmungando por os acrobatas do Cirque não terem feito qualquer acrobacia.
(Computerworld/IDG Now!)




Deixe um comentário

O seu email não será publicado