ICANN sem alternativa ao Digital Archery

Candidatos a domínios de topo genéricos (gTLD) vão ter de esperar três semanas para saber como vai decorrer o processo de avaliação das candidaturas.

O concurso online Digital Archery desenvolvido pela ICANN para determinar que grupos de candidaturas a gTLD – domínios  de topo genéricos – seriam avaliados primeiro foi definitivamente cancelado. O anúncio foi feito pela presidente do Comité do Programa gTLD, Cherine Chalaby,  durante a 44ª cimeira da ICANN, em Praga, na República Checa: a responsável avançou ainda que haverá uma reunião daqui a três semanas para definir uma alternativa.
O anúncio do cancelmento foi recebido por uma salva de palmas. Mas a verdade é que a comissão não conseguiu apresentar um processo alternativo para avaliar as aplicações de gTLDs.
“Nós não vamos tomar uma decisão em Praga, mas tomaremos todas as ideias em consideração para construir um plano”, disse Chalaby. Este deverá detalhar os próximos passos e prazos, bem como avaliar as implicações para os requerentes e os risco para o programa.
Assim a ICANN vai abrir um canal de recepção de comentários, dando à comunidade a oportunidade de oferecer um contributo, revelou Chalaby. A comissão vai convocar um reunião para daqui a três semanas para discutir os resultados dessa auscultação, acrescentou.
Sem uma alternativa ao Digital Archery, os candidatos ficam em dúvida quanto ao que vai acontecer com as suas candidaturas. “Ainda tem perguntas? E nós também. Assim como outros membros da comunidade da ICANN, incluindo o próprio conselho”, comenta num  blog a Fairwinds, consultora para estratégias na Internet presente na cimeira de Praga.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado