TI trazem nova era de descentralização organizacional

Perto de 63% dos líderes empresariais prevêem uma mudança no modelo de negócio das organizações, diz um estudo da The Economist Intelligence Unit.

As TI  serão o  principal catalizador de uma mudança de paradigma no modelo de negócio das empresas, envolvendo maior descentralização, segundo um estudo da The Economist Intelligence Unit. Cerca de 63% dos líderes de empresas no mundo acredita nesta alteração de abordagem: cada funcionário terá um papel cada vez mais importante na tomada de decisões face aos gestores mais seniores.
Essa é a principal conclusão baseada num inquérito realizado entre Setembro e Outubro de 2011 para um trabalho promovido pela Ricoh. Foram entrevistados 567 executivos de organizações europeias, americanas e asiáticas.
Ainda antes de 2020, o impacto das novas tecnologias no local de trabalho vai forçar as empresas a enfrentarem uma nova era de descentralização, diz o estudo. Até esse mesmo ano, os clientes poderão tornar-se a principal fonte de ideias para novos produtos ou serviços, na opinião dos líderes empresariais entrevistados.
Os mesmos acreditam que os clientes passarão a fazer parte integrante das decisões e de equipas de projecto, juntamente com parceiros de negócio do fabricantes. Mas para suportar esta transição, será necessário implantar primeiro uma rede de processos integrados, com os quais seja possível gerir informações e acessibilidade dos trabalhadores, às mesmas.
Ao mesmo tempo, será importante criar, armazenar e recuperar informações de forma segura. Um centro de gestão é essencial para proteger dados críticos de negócios, um dos activos mais valiosos das organizações, segundo o estudo.
No entanto, isso deverá  mudar porque actualmente 43% de todos os processos de documentos críticos de negócios nas organizações europeias baseiam-se em cópias impressas. E apenas 22% das organizações têm actualmente um fluxo de trabalho totalmente automatizado, segundo o relatório.


Artigo anterior


Deixe um comentário

O seu email não será publicado