Metade da administração da Yahoo deixa a empresa

O presidente Roy Bostock da empresa e três membros do conselho de administração deixam a empresa, num esforço de re-estruturação da organização.

Poucas semanas após o co-fundador da Yahoo, Jerry Yang, ter decidido abandonar funções na empresa, o presidente Roy Bostock  anuncia a sua própria saída. Outros três membros do conselho, Vyomesh Joshi, Arthur Kern e Gary Wilson, também vão abandonar a organização.
As saídas tornar-se-ão efectivas no próximo mês de Junho, por altura da reunião anual da empresa. Como substitutos dos últimos no conselho foram já eleitos, o antigo CEO da eBay Maynard Webb Jr, e um anterior CEO do META Group, Alfred Amoroso. Assim mais de metade do conselho de administração da empresa, liderada pelo novo CEO, Scott Thompson, será renovado. Após a saída dos gestores, a primeira decisão do conselho será nomear novo presidente.
Os últimos meses têm sido difíceis para a Yahoo, imersa numa verdadeira re-estruturação dos seus quadros superiores, para obter uma nova abordagem e melhorar resultados. A empresa está a procurar vender alguns dos seus activos asiáticos, e têm circulado indícios de conversações para a venda de todos o seus activos a grandes empresas, como a Microsoft.
As mudanças parecem ter o objectivo de montar um cenário para o Thompson direccionar empresa para um novo rumo, de acordo com Charlene Li, fundadora da consultora Altimeter Group. Webb é um conselheiro em quem Thompson confia bastante diz.
Pelo menos os investidores parecem ter conseguido o que pretendiam: mudanças profundas no conselho de administração, diz  Greg Sterling, da Sterling Market Intelligence. “Os Investidores têm sentido que o conselho de administração estava só a dar provimento ao que os líderes decidiam. Pretendiam um órgão com alguma independência”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado