Gestão de tempo para um CIO

O enfoque em tecnologias estratégicas e em indicadores de desempenho são duas das recomendações da Gartner para os CIO obterem melhor a atenção dos CEO.

Uma melhor gestão do tempo é há muito um elemento presente nos objectivos que muitos CIO pretendem atingir. Obter a atenção do CEO pode ser vital.
Marcus Darbyshire, da Gartner, conhece bem as exigências impostas aos líderes da tecnologia. Foi CIO e CFO da South East Water  e assume-se como forte defensor da necessidade de executar tarefas ganhando-se tempo para tratar de questões estratégicas.
As ferramentas e técnicas de gestão de tempo abundam. Mas Darbyshire prefere concentrar-se nos conceitos de gestão do tempo. “O conceito de gestão do tempo é sobre como se gasta o tempo, onde se gasta o tempo, com quem o fazemos e que tópicos trabalhamos durante o mesmo”, explica.
Darbyshire considera que a matriz de gestão de tempo na Gartner está centrada na gestão, execução e crescimento e transformação do negócio.
“Olhamos para onde as pessoas gastam o seu tempo “, revela Darbyshire. “Analisamos como é gerido, se um indíviduo está em modo de ‘combate a incêndios’ ou orquestrando uma estratégia, olhando para a percentagem de tempo gasto nessas formas de gerir”.
De acordo com Darbyshire, o que se está a gerir também é importante, sejam projectos, pessoas ou ideias.
“Nós também olhamos para a forma como alguém está a trabalhar com a sua equipa, com as camadas mais beixas dfe estrutura com os pares dos indivíduo e até gestores mais séniores . E, claro, a Gartner olha ainda para as situações nas quais está a gastar o seu tempo – em reuniões, em conversas, em interacções de um para um, ou está realmente a trabalhar sozinho e pensando em novas ideias?”
As melhores práticas da Gartner estão focadas em ajudar os executivos seniores a elevarem as suas interacções na escala de maturidade. Os CIO entendem que, para serem eficazes, a relação com CEO é vital.
Mas muitas vezes, os CIO devem superar o que é conhecido como a ‘barreira de atenção do CEO”. Darbyshire sugere algumas dicas capazes de ajudarem os CIOs a superarem a “barreira de atenção dos CEO – tendo em atenção os tipos de conversas capazes atrair e reter a atenção.
As dicas a seguir:
– Conversar sobre as iniciativas estratégicas na organização;
– Concentrar-se em indicadores de desempenho empresarial, tais como as estratégias de envolvimento do cliente;
– Falar sobre a tecnologia estratégica, em vez de decisões, e foco em benchmarks de desempenho.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado