Dez formas possíveis de perder dados

A Kroll Ontrack reuniu dez relatos peculiares de situações de perda de dados, com protagonistas reais.

O fabricante de equipamento de segurança, Kroll Ontrack reviu dez casos de perda de dados com um denominador comum: destruir dados valiosos pode ser um desastre se não houver capacidade de os recuperar.
É uma lista de situações reais de perda de dados, compilados por especialistas e engenheiros por todo o mundo.
“Tri-play”
Um raio caiu numa ilha do Caribe causando um incêndio numa casa, enchendo-a de fumo e queimando os servidores. Os bombeiros “complementaram” o desastre deitando água sobre as máquinas. No fim, os danos causados pelo triplo golpe pôde ser resolvido e os dados recuperados numa sala limpa.
O factor canino

Um homem incentivou sua namorada a fazer um backup de todos os seus arquivos de foto, com milhares de imagens em alta resolução, feitas no seu estúdio de fotografia. Ela mudou então os dados do seu portátil para um disco rígido externo, o qual passou a suportar a única cópia existente de todo o seu trabalho. Um dia,  um amigo veio visitá-los, e antes de conseguirem ir ao seu encontro, o cão da família correu quando percebeu a chegada de uma pessoa. Na corrida, o cão  puxou para o chão o disco rígido da mesa onde este estava pousado  e o dispositivo  estragou-se, danificando a única cópia existente dos trabalhos.
Londres em tumulto

Um fotógrafo freelance estava no meio das manifestações e tumultos verificados  em Londres, em 2011 , com a sua câmara. Alguns dos manifestantes viram-no registar imagens das suas acções  e quebram-lhe a máquina, para destruir quaisquer provas incriminatórias. A câmara foi enviada a um especialista  recuperou todos os dados e imagens de vídeo, posteriormente enviadas para a polícia.
Dentro não é em cima
Um membro da equipa de TIC estava atrasada para uma reunião de negócios, e em vez de colocar uma unidade de armazenamento em fita, dentro da protecção à prova de àgua, pô-la em cima. Uma hora depois, a cidade sofreu um terremoto de grande intensidade e o dispositivo caiu no chão, coberto de água, lama e areia. Pela aparência do suporte magnético parecia não haver solução. No entanto, com a tecnologia certa foi possível recuperar 100% do conteúdo, entre os quais toda a animação web e de televisão do ano.
O fumo mata

Um guarda de segurança recém-contratado estava a fazer a sua primeira ronda da noite num armazém de produtos químicos. Embora tivesse sido informado da proibição de fumar ali, pensou que ninguém se importaria se ele fumasse um cigarro, quando não já ninguém estava no escritório. Com o cigarro o alarme de incêndios activou-se, assim como o sistema de aspersão de água. Todos os equipamentos eletrónicos, incluindo 44 computadores e dois servidores ficaram inundados.

Negócios inundados

Dois empresários sentaram-se num bar para discutir um possível acordo de negócios. Por acidente, o empregado derramou todo o conteúdo de um copo sobre um portátil, onde estava o plano de negócios. Os guardanapos não foram suficientes para salvar a máquina e os documentos importantes nela contidos.
O café ou o servidor
Uma equipa do departamento de contabilidade estava a trabalhar até tarde para actualizar a contabilidade da actividade mensal. Enquanto tomavam um café para retemperar energias, houve uma falha de electricidade. Todos os computadores ficaram desligados, incluindo o servidor onde estavam alojados os dados financeiros. Felizmente os computadores do departamento foram ligados a uma unidade de alimentação ininterrupta. O pior foi quando o servidor parou por esgotamento da unidade de energia, depois de esta ter de suportar a preparação de inúmeras xícaras de café.
Magnetismos
Estranhas forças magnéticas terrestres “entraram em contacto” com um computador portátil colocado sobre uma mesa. Quando o utilizador tentou iniciá-lo, a máquina não obedeceu completamente e fez um barulho estranho. Embora os discos tenham sido danificados, com várias técnicas foi possível repará-los e recuperar os dados. No fim, descobriu-se que  tudo foi causado pela proximidade de terras raras magnéticas.
Consolidação fatídica
Para melhorar o desempenho dos seus sistemas, o gestor de TIC de uma empresa repartiu os discos C e D do servidor virtual por dois sistemas diferentes. Ao ficar sem espaço em disco o responsável teve de rapidamente consolidar as drives dentro do mesmo sistema. Mas não sabia que o sistema ia manter as mesmas directrizes de nomeação e na migração foram registadas informações sobre informações críticas de negócios.
Golpe de “teatro”
Uma actriz apagou acidentalmente todas as suas imagens e portefólios de modelo, ao seleccionar o disco USB incorrecto no programa de utilização de discos para MAC. Mesmo assim, foi possível restaurar completamente todas as imagens.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado