ANMP quer investigação sobre TDT

A associação defende a suspensão da migração devido ao momento de crise no país. Desconfia do processo de atribuição da licença de exploração à PT e por isso pede que o Ministério Público o investigue.

Na perspectiva da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP), o  Ministério Público deve investigar o processo de atribuição da licença de exploração do serviço de Televisão Digital Terrestre (TDT) à PT. A organização alega irregularidades no concurso: estranha o facto de apenas ter havido dois candidatos, e sugere mesmo que o segundo foi criado apenas para haver concurso.
Em comunicado, a ANMP  considera não ter havido as devidas  condições de livre concorrência, capazes de garantir a o interesse público. Defende por isso que o concurso deveria ter sido internacional.
Ainda na visão da associação, a migração deve ser suspensa por obrigar a despesas não essenciais, num momento de carências financeiras.
A DECO alertou recentemente que os portugueses estão mal preparados para a migrarem do serviço analógico para a TDT.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado